1. Jan
  2. 1993

Estreitando os laços

Na matéria da Goiás Industrial o Instituto Euvaldo Lodi leva a universidade às indústrias e realiza novamente este ano o projeto Visitas Técnicas. Confira!

História de Goiás

O projeto Visitas Técnicas, um dos mais bem sucedidos do Instituto Euvaldo Lodi IEL –, prosseguirá este ano, em sua quarta edição, atuando na área da construção civil de Goiás. Os professores dos cursos de Engenharia Civil e Elétrica das Universidades Federal e Católica de Goiás e de Arquitetura e Urbanismo da UCG, selecionam alunos para excursões a empresas e empreendimentos industriais de grande porte.

Em 92, o Visitas Técnicas atendeu 335 acadêmicos. Das 11 visitas realizadas, cinco foram à Usina Hidrelétrica de Cachoeira Dourada, pois houve interesse do professor Alfredo Ribeiro da Costa em mostrar a seus alunos, elementos importantes de uma hidrelétrica tai como tomada d’água, caracol, local das turbinas, canal de fuga, etc, e que possivelmente estarão submersos em 1993.

HISTÓRIA DA ARGAMASSA
Pelo avanço tecnológico e significado político, foi muito oportuna a visita à Fábrica de Argamassa Armada da Novacp, pois ela é responsável pela produção das peças para a construção dos Ciacs de Brasília. Através do engenheiro responsável os alunos puderam conhecer o histórico da técnica de argamassa armada e sua implantação do Brasil, além de sua implantação no Brasil, além de todas as etapas de fabricação e controle de qualidade. Visitaram também um Ciac recém construído e em funcionamento.

Quanto à organização e envolvimento da indústria com o projeto, merece referência a visita realizada na Empresa de Desenvolvimento de Recursos Minerais S.A – Condemin. Sei Departamento de Recursos Humanos elaborou um plano bastante detalhado para os dois dias da visita, tendo designado nove engenheiros para acompanhamento dos visitantes.

CONHECENDO A PROPAGANDA
Já a visita à Type Propaganda motivou o desenvolvimento de um projeto conjunto com o Departamento de Comunicação Social – ICHL/UFG -, denominado Oficina de Criação, com alunos do primeiro ano. O projeto prevê um estudo teórico sobre criação, visita a outras agências de publicidade e a elaboração de material publicitário para uma campanha.

De acordo com os relatórios, a universidade considera o projeto de grande importância para professores e alunos, pois nas empresas eles têm contato com equipamentos de grande porte, tecnologia de ponto e canteiros de obras gigantescos.

Foi destacada a excelente participação do Sesi que apoiou o projeto cedendo ônibus e motoristas para oito visitas. Nestas, foram constatados a pontualidade, o conforto e a limpeza dos ônibus, além da postura sempre prestativa e eficiente dos motoristas que transportaram as turmas com segurança.

Para ler a matéria original: (clique aqui)

Referência:
Estreitando os laços. Goiás Industrial, Goiânia, Ascom, Janeiro/Fevereiro, 1993.

  • Capa revista Jan/Fev, 1993
  • Revista Jan/Fev, 1993

Deixe seu comentário

Para comentar, você deve realizar o login. Clique aqui.