1. Sep
  2. 2012

Paulo Afonso Ferreira, empreendedorismo e modernização

História de Goiás

Com o afastamento de Aquino Porto, Paulo Afonso Ferreira assumiu tarefa desafiadora, com ele próprio bem definiu ao avaliar os primeiro passos dados sem o apoio das mãos segura de Aquino Porto e levar adiante o legado de empreendedorismo, que sempre passou pelo caminho da modernização, e realizar seu trabalho por meio do aprendizado e tendo sempre em mente o compromisso com a manutenção do trabalho promovido até então: “Nos primeiros meses, a sensação que nos envolveu foi a de imensa preocupação, que certamente se traduziu algumas vezes em excesso de zelo, diante da obrigação de dar continuidade a uma administração elogiada por unanimidade”.

O trabalho conjunto e a busca coletiva por soluções rumo ao desenvolvimento permitiram que a FIEG reforçasse sua posição de representação máxima no setor industrial. A gestão Paulo Afonso Ferreira, que se reelegeu até outubro de 2010, representou a continuidade da crença em um “Goiás Industrial” e também em sua capacidade de juntar lideranças a favor dos grandes objetivos da indústria.

Como presidente do Conselho Regional do SENAI, Paulo Afonso Ferreira levou adiante o projeto de interiorização da instituição, em ação integrada com o SESI, para atender às demandas por qualificação profissional diante da descentralização profissional diante da descentralização do desenvolvimento industrial. Assim, por meio da estratégia de parceria com a iniciativa privada, nasceram a Unidade Integrada SESI SENAI Niquelândia, o Núcleo de Educação Profissional SENAI, Luziânia, o Núcleo Integrado SESI SENAI Barro Alto, o Núcleo Integrado SESI SENAI Formosa, o Núcleo Integrado SESI SENAI Senador Canedo e a Unidade Integrada SESI SENAI Quirinópolis.

“Integração do Sistema FIEG e parceria com indústrias, marcas da gestão de Paulo Afonso Ferreira.”

ASSIS, Deire; LIMA, Dehovan. Da carpintaria à automação industrial/SENAI-DR/Goiás. – Goiânia, 2012. (SENAI Goiás 60 anos). 204p.: il.

Deixe seu comentário

Para comentar, você deve realizar o login. Clique aqui.